domingo, 17 de maio de 2009

Deixa a vida me levar! Será?




Existem nas recordações de todo homem coisas que ele só revela aos amigos. Há outras que não revela mesmo aos amigos, mas apenas a si próprio, e assim mesmo em segredo. Mas também há, finalmente, coisas que o homem tem medo de desvendar até a si próprio...” (Dostoiévski)

E fico eu me perguntando pq o ser humano tem tanto medo de enxergar a si próprio?
Não seria mais fácil viver dentro da verdade da vida?
O que somos? Pq que estamos no mundo?

Marilena Chaui descreve isso sabiamente:

Por que nada permanece idêntico a si mesmo? De onde vêm os seres? Para onde vão, quando desaparecem? Por que se transformam? Por que se diferenciam uns dos outros?

Mas também, por que tudo parece repetir-se? Depois do dia, a noite; depois da noite, o dia. Depois do inverno, a primavera, depois da primavera, o verão, depois deste, o outono e depois deste, novamente o inverno. Ninguém nasce adulto ou velho, mas sempre criança, que se torna adulto e velho.
( Convite a Filosofia)

Foram perguntas como essas que fizeram na Antiguidade mudar toda uma geração da humanidade com os filósofos..
Esses dias fiz um comentário no blog das "Moiras" que deu origem ao lindo post que Deusa Circe fez se solidarizando com os devaneios filosóficos dessa Deusa.

Tirar os outros da caverna não é tarefa fácil, é uma tarefa árdua, ainda mais quando o laboratório mental está a postos e tudo passa a ser motivos de condenações.
Qualquer coisa feita, qualquer atitude, é motivo de apontarem o dedo na cara e dizer umas “verdades” sombrias... não passam de sombras... Não estou dizendo que existe maneira de deter a verdade, pois não há. Mas existem formas de respeitar as verdades que se apresentam como diferentes das impressões sombrias de muitos, que só enxergam reflexos... infelizmente...
Vale a pena conferir ele na integra:

http://deusabruxavampira.blogspot.com/2009/05/alegoria-da-caverna_11.html


De tudo que Duda postou ali percebo que continuo com os mesmos pensamentos e indagações de vários séculos passados.

E hoje depois de conviver com todo tipo de ser humano..Chego a triste conclusão que pensar não é para qualquer um. Enxergar a verdade da vida muito menos ainda.

Mas hoje é domingo..ficarei aqui com o meu chopp..quem sabe escuto aquela famosa música da inércia..do filósofo de butequim Zeca Pagodinho..E vamos deixar a vida nos levar..Fácil..Fácil..assim..Será?


Eu já passei
Por quase tudo nessa vida
Em matéria de guarida
Espero ainda a minha vez
Confesso que sou
De origem pobre
Mas meu coração é nobre
Foi assim que Deus me fez...


Deixa a vida me levar
(Vida leva eu!)
Deixa a vida me levar
(Vida leva eu!)
Deixa a vida me levar
(Vida leva eu!)
Sou feliz e agradeço
Por tudo que Deus me deu...
(Zeca Pagodinho)

5 comentários:

Caldeirão da Bruxa disse...

Caríssima, como vai?
Estava com saudades de seus dizeres e reticências; são sempre inspiradores.

Atribuir à Vida a responsabilidade de nos levar é fora de série, perfeito! Assim, tudo que nos acontece é culpa dela.

Mas será que ser passiva assim é sinônimo de uma vida vivida?

Aqui eu entendo que você está falando "fodam-se, seus medíocres" rsss, e até concordo, pois dar importância pra "Atacado em liquidação" é perder tempo com produto de má qualidade rsss, mas quis deixar o outro lado da moeda suspenso. :)

Beijo meu!
Morgana.

O Cavaleiro das Trevas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Cavaleiro das Trevas disse...

Como tudo é válido, atribuir a Vida responsabilidades seria uma filosofia interessante sob certos pontos de vista.
Mas em se tratando de vida, seria bom guardar cautela...

"A vida é severa e insensível, não vê lágrimas ou conhece sorrisos, atem-se a executar suas alterações de humor segundo seus caprichos, não mede quem ou quando machuca ou mesmo se agrada ou acalenta... É vida."

Alexsander Bengaly.

Bjs, Deusa...
Seu espaço é mesmo excelente.

Vampira Olímpia disse...

Como diz a Solange do BBB sei lá qual:

"Eu sambo pra vcs!"

Opa! isso é pagode ou samba? rs
Só não pode dar em samba do criolo doido pq aí ninguém se entende rs.

Beijooooooooooooooos, anjo

Deusa Circe disse...

Deusinhaaaaaa!!!
Fico pra lá de feliz em saber que te foi tão útil o que eu escrevi, minhas palavras e meus devaneios...

Nós temos uma sintonia bacana, gosto disso...

Adorooooooo vc!
*bjos*