domingo, 12 de julho de 2009

Preciso que aqueles que me amam me perdoem



Preciso que aqueles que me amam me perdoem. Que me perdoem porque – preciso confessar – eu me pareço com os esquilos... É. Eu me pareço com os esquilos... Esquilos são animaizinhos deliciosos, com sua longa cauda peluda. Qualquer um gostaria de tê-los no colo e acariciar seu pelo liso. Assentados, eretos, olhinhos assustados, eles seguram as nozes com as mãos e as mordiscam de um jeito que faz lembrar os humanos.

Me disseram que eles têm o costume de guardar enterradas as nozes que não comem, com a intenção de comê-las mais tarde, quando os bosques se cobrirem de neve. Me disseram mais, que eles têm memória curta; esquecem-se dos lugares onde guardaram suas preciosas nozes.

Pois eu sou assim: guardo coisas preciosas para degustá-las num momento de calma – e depois me esqueço. E elas ficam enterradas em gavetas e caixas até que, acidentalmente, as encontro de novo. Acham que fico alegre? Enganam-se. Fico muito triste. Porque elas não poderiam ter sido esquecidas.

As nozes, acho que elas até ficam alegres por terem sido esquecidas. Esquecidas, elas não são comidas pelos esquilos. Quando a primavera volta elas germinam, brotam, nascem e se transformam em árvores. Toda noz quer virar árvore.

Mas as coisas preciosas que ficaram esquecidas nas minhas gavetas e caixas não poderiam ter sido esquecidas – porque elas me foram enviadas precisamente para que eu as comesse. Foram presentes de pessoas que me amam, gestos de carinho.

E o que elas receberam de mim, em troca do seu gesto, foi o silêncio...

( Rubem Alves)



Tenho a péssima mania de me esconder daqueles que me amam quando estou passando por problemas. Algumas pessoas quando estão passando por algum problema recorrem aos amigos..choram suas mágoas..buscam um apoio..

Prester a completar 36 anos...alguns me acompanham desde a maternidade e já aprenderam a lidar com esse meu jeito..

E sei que eles ficam imensamente preocupados..pq sabem que estou em momento de refúgio.. e que muitos deles ficam guardados como as nozes.. mas não esquecidos..

Eles também aprenderam que nesses momentos ( algumas vezes duram meses) a única pessoa que travo algum diálogo é com minha mãe..Fiel e companheira.. Seu colo é fundamental.

É através dela ( minha mãe) que eles me buscam..ligam pedem noticias e querem saber se já estou bem.

Ando sumida de muitos lugares..de inúmeras pessoas..até mesmo do espaço virtual..

A vida nesses últimos 3 meses deu inúmeras voltas..

Mas o amor nunca saiu do meu coração.

Foi amor que me fez passar por tudo isso..por todas essas mudanças..

Mudanças essas que mudaram toda minha vida.

Meus queridos amigos vocês são as nozes mais deliciosas que tenho em minha vida. Jamais serão nozes esquecidas.

E você Kleiton..obrigada por ter mudado todos os rumos da minha vida..

Te amo...muito




Mas o teu amor me cura
De uma loucura qualquer
É encostar no teu peito
E se isso for algum defeito
Por mim tudo bem...







5 comentários:

lua de Hägar disse...

todos passamos por dificuldades.. mas nem sempre procurar refúgio é a solução.

sorte em teu caminho.
bjos com desejos de paz e traquïlidade .

lua de Hägar

{Nanda}_FX disse...

Linda


momentos nem sempre perfeitos...
momentos de reflexao... de busca... de paz...
sao apenas momentos...
e passam...

beijos no coraçao

{Åmar ¥asmine}_ÐEXPEX disse...

Linda Deusa menina!

Adoro Rubem Alves e adoro esquilos!

O escritor eu conheci em 2008, passamos um dia juntos aqui em BH. Ele tinha vindo para uma palestra, coube a mim o privilégio de ciceroná-lo. E um homem admirável, encantador, muito lúcido e sensível.

Quanto aos esquilos, convivo diarimente com muitos onde trabalho. É um antigo seminário que hj se tornou o edifício sede do Poder Executivo num município da Grande BH. Cercado de árvores centenárias, cheio de aves e pequenos animais que fazem a nossa alegria.

Também me recolho sempre. Preciso deste tempo de mergulho dentro de mim mesma, em silêncio, numa solidão que dói, mas também alivia. Os amigos, estes já entendem e respeitam. É preciso respeitar o tempo dentro de nós mesmos.

Te amo, Deusa das Deusas.
Besos!!!

*;-)

{Λїŧą}_ŞŦ disse...

Querida Deusa, já habitante do meu coração...

às vezes precisamos desse momento de reflexão, de mergulhar em nós mesmos, são momentos preciosos para o autoconhecimento.
Ouso imaginar ser uma das suas nozes, feliz que fiquei ao ler no blog da minha outra amada Amar que sou uma das pessoas que você gostaria de conhecer... é recíproco, amada.
Neste espaço onde me relaciono com pouquíssimas pessoas (as melhores), você é uma das eleitas pelo meu coração, não só pela sua gentileza e bondade para comigo, mas por ser alguém autêntica nos seus sentimentos.
Desejo toda serenidade no seu momento sabendo que, com certeza, você sairá dele ainda melhor que antes.
Beijos de carinho e de saudades.

{Λїŧą}_ŞŦ

к disse...

Hummm parecida comigo! rs

Creia eu te entendo... e se precisar, estamos por aqui, é só chamar! Amigo é pau pra toda obra! (ou quase! hehehe)

Eu lhe quero muito bem, Deusinha querida!

Bjo carinhoso no teu coração,
k