domingo, 28 de junho de 2009

LIBERTA


LIBERTA


Deixava-se molhar por sob a chuva,

abria os braços e recebia as águas,

liberta que se achava das amarras,

indo e vindo, onde e quando bem queria,

alegre e louca, influenciada pela lua,

leve e solta assim... lavava a alma.


Mas poucos entendiam o que sentia

ao vê-la bailando linda pelas ruas,

rindo-se do que lhes parecia nada,

cantando e dançando na calçada,

amando a sensação nova que vivia.

(André L. Soares)

4 comentários:

{Åmar ¥asmine}_ÐEXPEX disse...

Poderosa Afroditeeeeeeeee!!!

Me sentir liberta? Não... é muito ruim..rs... melhor é me sentir eternamente prisioneira... mas, só do Dono!

Te adoro, linda! Besos de mel!!!

*;-)

Fabricante de Sonhos disse...

Minha Deusa!

Que lindo texto!
É uma liberdade assim que eu preciso!
Se renovar a cada dia e se sentir livre...
Nada melhor pro coração e pra alma!

Adorei!

Tenha uma semana de LUZ!

Um beijão

Deusa Circe disse...

Só os Grandes conseguem conquistar a liberdade!

*bjos, amore.
Saudades...

{Nanda}_FX disse...

simplesmente perfeita!

otima escolha

bjs de saudades